Alunos de São Caetano protestam contra possível extinção do Ensino Médio municipal

    EME Alcina Dantas Feijão, onde ocorre a manifestação, completou 50 anos em 2017.

    Alunos da EME (Escola Municipal de Ensino) Alcina Dantas Feijão, em São Caetano, protestam na manhã desta segunda-feira (22), dentro das dependêncidas da instituição, contra a possível extinção do Ensino Médio na rede municipal em 2019.

    No ano passado, o Alcina completou 50 anos e é a primeira instituição de ensino municipal de São Caetano. Há cerca de 1.500 alunos matriculados nos ensinos Fundamental, Médio e Técnico. Na comemoração de 2017, estudantes fecharam uma cápsula do tempo com fotos e cartas. A previsão é que o invólucro seja desenterrado em 2067, quando a escola completará 100 anos.

    Além do Alcina, na cidade há também a EME Professor Vicente Bastos e a EMEFM (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio) Arquiteto Oscar Niemeyer que seriam afetadas pela novas diretrizes na área da educação.

    A Prefeitura foi procurada e a reportagem aguarda um posicionamento.

    Fonte: DGABC

    Get Social

    • Grey Facebook Icon
    • Grey Twitter Icon
    • Grey LinkedIn Icon
    • Grey YouTube Icon

    © 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul