Atividade subiu 0,4% no primeiro mês de 2021, mas acumula retração de 4,3% em 12 meses

Atividade subiu 0,4% no primeiro mês de 2021, mas acumula retração de 4,3% em 12 meses


São Paulo – A produção industrial teve leve alta, de 0,4%, de dezembro para janeiro, segundo o IBGE. Na comparação com janeiro de 2020, sobe 2%. Em 12 meses, cai 4,3%.

“Após nove meses de alta, o setor acumulou crescimento de 42,3%, eliminando a perda de 27,1% registrada entre março e abril, que havia levado a produção ao nível mais baixo da série”, informa o instituto. Ainda assim, acrescenta o IBGE, a atividade industrial segue abaixo (12,9%) do nível recorde, registrado há quase 10 anos, em maio de 2011.


Altos e baixos

No mês, a produção cresceu em duas das quatro categorias e em 11 dos 26 ramos pesquisados. Destaque para o segmento de produtos alimentícios, “que avançou 3,1%, eliminando parte da redução de 11,0% acumulada nos três últimos meses de 2020”. Já a metalurgia teve retração de 13,9%.


Em relação a janeiro do ano passado, o IBGE apurou resultado positivo em duas das quatro categorias econômicas, 18 dos 26 ramos, 52 dos 79 grupos e 57,9% dos 805 produtos pesquisados. As principais influências positivas foram de máquinas e equipamentos (17,7%), produtos de metal (12,9%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (4,8%), entre outros. Das atividades com retração, o instituto cita produtos alimentícios (-5,5%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-4,5%) e outros equipamentos de transporte (-36,7%).

0 visualização0 comentário

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul