Como sacar o FGTS: 10 respostas para as principais dúvidas

Caixa começa a pagar hoje o saque imediato, que libera R$ 500 reais por conta do trabalhador; recebem primeiro os nascidos em janeiro

A Caixa Econômica Federal libera nesta sexta-feira, 18, mais uma etapa do chamado saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que libera 500 reais por conta do fundo. Dessa vez, o dinheiro é liberado para trabalhadores com carteira assinada que não tenham conta no banco.

A pedido de VEJA, o Google levantou as perguntas mais comuns de internautas brasileiros sobre o assunto. Entre o começo do ano passado e esta semana, o interesse do termo em pesquisas na plataforma aumentou 144%. Confira abaixo as respostas às principais dúvidas sobre o tema:


1) Como sacar o FGTS? Para o saque imediato, modalidade liberada pelo governo federal para injetar recursos na economia, o trabalhador pode pegar o dinheiro tanto em agências da Caixa Econômica Federal, caixas eletrônicos do banco ou em Casas Lotéricas. É preciso ter em mãos o Cartão Cidadão e o documento de identidade com foto. A Caixa aconselha também que o trabalhador tenha em mãos a carteira de trabalho. Com o Cartão Cidadão, o trabalhador recebe em caixas eletrônicos e agências, mediante senha. Se não tiver o cartão ou não lembrar a senha, será preciso passar por atendimento presencial na Caixa.


2) Como funciona o saque do FGTS? Para o saque imediato, o governo liberou até 500 reais de cada conta do fundo. A cada vínculo trabalhista com carteira assinada, o trabalhador tem uma nova conta. Caso a conta tenha menos que 500 reais, o total dela é liberado. Se tiver mais que essa quantia, os 500 reais são o valor limite. A cota máxima, inclusive, é válida por conta. Se tiver mais que uma conta, o valor total a ser recebido é maior que 500 reais. Essa é apenas uma das modalidades de saque.


3) Como consultar o FGTS? No site do FGTS, há uma função para consultar o saque imediato. Ao acessar é preciso informar o CPF e uma senha cadastrada online (caso não tenha, é preciso fazer a senha). A partir daí, o sistema informa qual o valor do saque e a data que é possível pegar os recursos. A consulta também está disponível em um aplicativo, disponível para celulares com Android e IOS. Nas aplicações, também é possível consultar o saldo total do fundo e quanto você receberia caso optasse pelo saque-aniversário.


FONTE: Veja E Força Sindical 18-10-2019.

9 visualizações

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul