Funcionários de autopeças com data-base em setembro podem entrar em greve hoje

Em assembleia realizada ontem pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC em Diadema, alguns segmentos da categoria aprovaram a campanha salarial proposta pelos patrões. No entanto, uma das exceções foi o grupo 3, que contempla o segmento das autopeças.

“É o quarto ano em que eles insistem em não querer fechar o acordo. Já enviamos aviso de greve”, afirmou o secretário-geral da entidade, Aroaldo Oliveira da Silva. Ainda segundo o sindicato, neste caso, o acordo poderá ser firmado de forma individual na segunda-feira, às 10h, na sede do sindicato, no qual o representante da firma interessada deverá comparecer. Além deste caso, o grupo 10 também não houve consenso. Segundo a entidade, a classe patronal está relutante em aceitar a cláusula de salvaguarda, que tem como objetivo garantir o compromisso de debater qualquer alteração trabalhista entre empresa e sindicato.

Em relação aos grupos de estamparia, fundição e 8 (condutores elétricos, trefilação e laminação de metais) a reposição de 1,73% do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 12 meses terminados em setembro, data base da categoria, manutenção da convenção coletiva e cláusula da salvaguarda foram aceitas.

No caso do grupo 2 (máquinas e equipamentos elétricos e eletroeletrônicos), a campanha de 2016 já havia contemplado este ano.

Fonte: DGABC 25-10-2017

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul