Governo eleva impostos de combustíveis

A partir de hoje, o governo vai aumentar os impostos dos combustíveis. Com o objetivo de cobrir o rombo nas receitas públicas, e evitar uma revisão na meta de deficit de R$ 139 bilhões neste ano, os tributos PIS e Cofins serão elevados sobre a gasolina e o diesel. As novas alíquotas serão publicadas na edição de hoje do Diário Oficial da União. “PIS e Cofins sobre combustíveis têm a vantagem que pode ser feito por decreto. Portanto, é rápido, tem efeito maior durante o ano e começa a vigorar imediatamente”, disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em entrevista à GloboNews.

Avaliação do Planalto é que alta de R$ 0,10 na gasolina – que hoje custa, em média, 3,54 o litro – não pesaria no bolso do consumidor.

O governo avalia a possibilidade de elevar outro tributo para fechar as contas, já que existe buraco de R$ 10 bilhões para cobrir no Orçamento de 2017. Estão em análise: IOF sobre operações de câmbio à vista, IOF sobre operações de crédito ou Cide dos combustíveis. Neste último caso, porém, é necessário esperar por 90 dias para que o governo possa elevar a arrecadação. Diante da queda do preço da gasolina nos últimos tempos, usineiros passaram a pedir ao governo elevação de impostos para melhorar a competitividade do etanol. (com Estadão Conteúdo).

0 visualização

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul