Indústria paulista gera 500 vagas de emprego em setembro, diz Fiesp

    Resultado leva para 13,5 mil o total de postos abertos pelo setor no acumulado dos nove primeiros meses.

    O saldo de empregos criados na indústria paulista ficou em 500 vagas em setembro, estável em relação ao mês anterior conforme informou nesta quarta-feira, 17, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O resultado leva para 13,5 mil, alta de 0,62%, o total de postos de emprego abertos pelo setor no acumulado dos nove primeiros meses do ano.

    Ao comentar o resultado da pesquisa de emprego, José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente da Fiesp, disse que as contratações estão em “compasso de espera”, assim como os investimentos, no aguardo do resultado das eleições.

    Tendo em vista o fechamento de vagas decorrente do fim de contratos temporários no fim do ano, a Fiesp prevê reversão do saldo positivo e a eliminação de 35 mil postos de trabalho na indústria paulista no resultado final de 2018.

    Dos 22 setores monitorados pela entidade, oito abriram vagas em setembro, enquanto cinco fecharam postos e nove mantiveram seus quadros estáveis. No grupo que abriu vagas, o destaque foi a indústria de produtos minerais não metálicos, onde foram gerados 900 postos. As fábricas de produtos alimentícios abriram 738 vagas, enquanto a indústria de papel e celulose criou 666 postos.

    Já na lista dos setores que mais reduziram a força de trabalho, os fabricantes de couro e calçados cortaram 2,1 mil postos, seguidos pelas indústrias de máquinas, aparelhos e materiais elétricos e de coque e derivados do petróleo e biocombustíveis, onde os cortes foram de 814 e 724 vagas, respectivamente.

    Fonte:  Estadão

    Get Social

    • Grey Facebook Icon
    • Grey Twitter Icon
    • Grey LinkedIn Icon
    • Grey YouTube Icon

    © 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul