Receita Federal prorroga entrega do IR para 31 de maio

A Receita Federal publicou nesta segunda-feira (12), no DOU (Diário Oficial da União) a prorrogação - de 30 de abril para 31 de maio - do envio do IR (Imposto de Renda) 2021, ano calendário 2020.

Em razão do adiamento, quem desejar parar o imposto via débito automático desde a 1ª cota deverá solicitá-lo até o dia 10 de maio. Quem enviar a declaração após esta data deverá pagar a 1ª cota por meio de boleto, gerado pelo próprio programa, sem prejuízo do débito automático das demais cotas.


Para aqueles que não optarem pelo débito automático, os boletos de todas as cotas poderão ser emitidos pelo programa ou pelo Extrato da Declaração, disponível no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento), acessado através do site da Receita Federal em www.gov.br/receitafederal.

Também foram prorrogados para 31 de maio de 2021 os prazos de entrega da Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País, assim como, o vencimento do pagamento do imposto relativo às declarações.

As prorrogações foram promovidas como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, assim como já havia sido realizado em 2020. A medida visa evitar aglomeração de pessoas nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional para a declaração do IR.


Do dgabc.com.br

2 visualizações0 comentário