Resistir e avançar

Tramitam no Congresso Nacional dezenas de proposições que se forem aprovadas representarão um enorme retrocesso aos direitos conquistados ao longo da História do Brasil, por meio de muita luta da classe trabalhadora e dos movimentos sindicais e sociais, em benefício de toda a sociedade brasileira.

Diante desta real ameaça, precisamos intensificar nossa vigília permanente no Congresso Nacional, em apoio à bancada sindical, principalmente na voz e nas ações do nosso deputado federal e presidente da Força Sindical Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, e impedir a retirada de direitos.

Outra frente de luta é estar diariamente nas portas de fábrica, mobilizando as categorias, buscando alternativas que possam atenuar e superar a crise, evitando as demissões e exigindo do governo medidas concretas que recoloquem o País na trilha do desenvolvimento econômico, com geração de emprego e renda e valorização do setor produtivo e do mundo do trabalho.

Propostas não faltam como, por exemplo, as que estão no documento “Compromisso pelo Desenvolvimento” e o programa de “Renovação da Frota de Veículos. Estamos firmes e fortes na luta coletiva em defesa das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros e contamos com o apoio e participação de todos os dirigentes e ativistas sindicais!

Miguel Torres Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e vice-presidente da Força Sindical

#PontodeVista

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul