SINDICATO REALIZA ASSEMBLEIA NA GM/SCS E EM FUNÇÃO DO CORONAVÍRUS


Foto: Jonatas Toledo.



Em assembleia realizada na tarde de hoje, 20/03, na porta da empresa General Motors (GM) de São Caetano do Sul, pela direção do Sindicato do Metalúrgicos, ficou decidido que em função da epidemia do coronavírus que cresce de forma exponencial no mundo e agora no Brasil os trabalhadores ficarão em casa a partir de segunda-feira, 23/03, e por tempo indeterminado, exceto alguns do setor de manutenção ou que venham a ser escalados pela chefia. A assembleia se deu com os trabalhadores em movimento (entrando e saindo da empresa) para evitar aglomeração.


Segundo o presidente do Sindicato, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, que comandou a assembleia, essa decisão se deve ao fator de risco que o contágio pelo coronavírus oferece e os trabalhadores não podem ser prejudicados. “O bem maior de uma empresa são os trabalhadores que não podem ficar expostos a tal risco. A decisão de ficar em casa é o melhor caminho para se enfrentar e vencer esse terrível mal e sem prejuízo salarial”.

Ainda de acordo com Cidão, os dias parados serão debitados em Banco de Horas negociado pelo sindicato junto à empresa, podendo essa dispensa continuar via férias coletivas já decretadas pela GM a partir de 30/03.


Cidão destacou que as férias coletivas serão ainda motivo de negociação pois foi tomada pela GM de forma inesperada, sem discussão com o sindicato, podendo inclusive vir a ser revertida, cancelada. O presidente do sindicato afirmou ainda que existem outros mecanismos a serem utilizados para garantir que os trabalhadores permaneçam em suas casas. Destacou o uso do lay-off, sem prejuízo aos empregados da empresa.

“O importante é assegurar a saúde dos trabalhadores e não o contrário”, disse o dirigente.

Cidão mencionou ainda que essa é uma decisão que atinge outras grandes empresas da região, tais como Volkswagen, que já decretaram paralisação das suas atividades para a próxima semana, assim como empresas menores, com destaque para o setor de autopeças que estão procurando o sindicato no sentido de buscar a melhor forma de também paralisar suas atividades.


Nesse sentido, a orientação dada pelo Cidão durante a assembleia foi bem clara: que os trabalhadores fiquem no resguardo de suas casas, conforme recomendação da comunidade medica brasileira, de modo a evitar a contaminação pelo coronavírus. O mais importante, na sua opinião, é garantir o bem-estar e a saúde de cada um dos trabalhadores e de seus familiares, sem que isso possa lhes trazer qualquer prejuízo.






Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindicato

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul