SINDICATO REALIZA ASSEMBLEIA NA PORTA DA GM/SÃO CAETANO DO SUL E METALÚRGICOS REAFIRMAM SEU COMPROMI

    Em assembléia realizada hoje (12/06) pela manhã, no portão 04 da empresa General Motors de São Caetano do Sul, os trabalhadores e trabalhadoras metalúrgicos reafirmaram seu compromisso com a GREVE GERAL que será realizada dia 14/06 (sexta-feira) em todo o Brasil, sob o comando das centrais sindicais e contra a reforma da Previdência Social proposta pelo governo Bolsonaro.

    Categorias profissionais outras, como bancários, químicos, professores, funcionalismo público em geral, metroviários, ferroviários, motoristas de ônibus de linha e fretados,também cruzarão os braços em protesto contra o projeto do governo Bolsonaro que, se aprovado tal como deu entrada na Câmara Federal, trará imensos prejuízos à classe trabalhadora brasileira.

    O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, que presidiu assembleia, foi enfático ao reafirmar a necessidade dos trabalhadores da GM e do Brasilao realizar essa paralisação, vez que a proposta, se aprovada como está, prejudicará os mais pobres. “É evidente que a Previdência precisa de ajustes, alguma reforma tem que ser feita, mas não como quer o governo, já que, se a sua proposta for aprovada como foi apresentada ao Congresso Nacional, quem vai sofrer são os menos favorecidos”, afirmou o dirigente.

    Ainda de acordo com o Cidão “A orientação do sindicato aos trabalhadores metalúrgicos de São Caetano do Sul é que na, sexta-feira (14/06), fiquem todos em casa”. Disse ainda o dirigente sindical que “a coleta de assinaturas dos trabalhadores terá continuidade com o objetivo de encaminhar aos deputados um grande abaixo-assinado de modo a mostrar aos congressistas que não aceitamos uma reforma que venhamos prejudicar”.

    Existem hoje no âmbito da Câmara Federal cerca de 277 emendas parlamentares voltadas a modificar o texto original da proposta do governo. O que também gera expectativas de alterações da proposta voltadas a contemplar o direito aos trabalhadores. Nova assembleia está marcada para as 16 horas, na GM/São Caetano do Sul, com os empregados do segundo turno.

    Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindicato

    Get Social

    • Grey Facebook Icon
    • Grey Twitter Icon
    • Grey LinkedIn Icon
    • Grey YouTube Icon

    © 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul