Trabalhadores discutem mudanças feitas pelo governo em regras de contratação

FONTE: Agência Câmara Notícias


A comissão mista que analisa a medida provisória do Contrato de Trabalho Verde e

Amarelo (MP 905/19) ouve hoje representantes de confederações e centrais sindicais.

A MP 905/19 incentiva a contratação de pessoas entre 18 e 29 anos de idade, no período de 1º de janeiro de 2020 a 31 de dezembro de 2022. A proposta faz parte de um pacote de

medidas do governo Jair Bolsonaro para reduzir o desemprego no País.


Foram convidados para o debate de hoje, entre outros, representantes da Força Sindical, da União Geral dos Trabalhadores (UGT), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), das

Confederações Nacionais da Indústria (CNI), do Comércio (CNC) e de Saúde (CNS).

Também serão ouvidos representantes do Departamento Intersindical de Estatística e

Estudos Socioeconômicos (Dieese), do Departamento Intersindical de Assessoria

Parlamentar (Diap) e e da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.


A audiência será realizada a partir das 10 horas, no plenário 6 da ala Nilo Coelho, no

Senado.


Registro profissional


A MP também acaba com o registro profissional de jornalistas, radialistas, publicitários,

atuários, artistas, arquivistas, sociólogo, secretários, corretores de seguros e guardadores de carros, autorizando qualquer trabalhador a exercer essas profissões.

Ontem entidades que representam corretores de seguros privados criticaram a MP. O

governo defende a autorregulação do setor.


Fonte: Força Sindical 13-02-2020

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul