Veja se o patrão depositou a grana do FGTS

O trabalhador que não quer ter um susto ao precisar da grana do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) na demissão ou na hora de comprar a casa própria pode fiscalizar se o patrão está cumprindo a obrigação de depositar os valores do fundo todos os meses.

Além de garantir que o dinheiro a que tem direito está caindo na conta, o trabalhador também evita dor de cabeça no futuro. Além da demissão e da compra da casa, o FGTS é liberado em caso de doença grave, por exemplo.

A Caixa Econômica Federal tem algumas ferramentas de consulta ao saldo e ao extrato do FGTS.

Se perceber que há depósitos faltando, o trabalhador deve avaliar a opção com que se sente mais confortável, se é buscar o RH da própria empresa ou ir ao sindicato da categoria. Também é possível denunciar ao Ministério do Trabalho, em uma das superintendências regionais. Quem já saiu do emprego deve considerar se apressar e entrar com ação na Justiça do Trabalho para não perder dinheiro.

Nesta semana, o Ministério do Trabalho disse que, mesmo quando não existem denúncias, a auditória fiscal cruza informações para saber se a grana do trabalhador está sendo paga. Fonte: Força Sindical

Get Social

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019 - Metalúrgicos de São Caetano do Sul